Tebaida – João Jacinto

Tebaida – João Jacinto

Convite-João Jacinto - Tebaida

TebaidaJoão Jacinto

A Galeria SETE apresenta a exposição Tebaida de João Jacinto que terá início no dia 3 de Maio, sexta-feira, pelas 18h, e prolonga-se
até ao dia 7 de Junho de 2019. Será apresentado um livro homónimo sobre a exposição com a curadoria e textos de Sérgio Fazenda Rodrigues, e com a chancela da Documenta.

“As obras que João Jacinto apresenta na exposição “Tebaida”, na Galeria Sete, em Coimbra, gravitam entre uma proximidade à
figuração e a afinidade a um registo abstracto, de carácter vincadamente matérico. Entre a figura e a matéria, entre o traço e a
mancha, entre a pintura e o desenho, entre o fazer e o acontecer, as obras deste artista procuram algo que está em movimento,
ou em contínuo processo de transformação. Essa acção de mudança contínua transporta a inquietude que o leva a fazer e
refazer o trabalho, e que o leva a procurar a diferença na repetição. Levando-o, no fundo, a reflectir sobre a natureza de
uma prática disciplinar, a forma como esta é vivida e a necessidade premente de ver e intervir.

No seu trabalho cada obra faz-se e refaz-se, com todas as outras, em paralelo. De modo não imediato, gere-se um tempo onde as
coisas surgem por camadas e se mostram lentamente. Se por vezes esse tempo é rápido, noutra instância ele demora dias, semanas,
meses ou até anos. Mas, no seu decorrer, ele é sempre um tempo mágico, inquieto, onde a cadência não é linear e as imagens deixam-se sobrepor, intersectar e revolver.

Dir-se-ia, então, que a vontade das coisas (que está sempre em transformação) impele uma acção que explora, ensaia e repete. Algo que
dá corpo às obras com a mesma curiosidade, vontade e ímpeto com que uma criança se deixa fascinar; de forma prolongada.”

Sérgio Fazenda Rodrigues

Compartilhar esta publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

14 − eight =


× Posso Ajudar?